Singularidades do masculino na publicidade impressa Ver ampliado

Singularidades do masculino na publicidade impressa

Autor:  Fábio Caim

ISBN: 978-85-64586-03-1

Formato: 16x23 cm

Paginas: 156


Mais detalhes

R$ 25,00

Singularidades do masculino na publicidade impressa <div id="WRchTxtk-xe3" class="wysiwyg_viewer_skins_WRichTextNewSkintxtNew"> <p class="font_8"><strong>De que forma as singularidades do masculino são produzidas? Eis a pergunta que guiou a trajetória escolhida por Fábio Caim. Para isso, não bastava ir direto às imagens publicitárias com olhos desavisados. Era preciso radiografar a trama que se esconde por trás das aparências. Antes de tudo, era preciso entender o que é o masculino para além da simplória explicação que nos é dada pelos dicionários. Afinal, existe um campo do conhecimento que há mais de um século vem desvendando os mistérios da sexualidade humana. Para aqueles que não se contentam com as frases feitas e as conversas a esmo, não há como escapar. É a psicanálise que tem se debruçado sobre os enigmas do masculino e feminino, sem cair na esparrela da mera oposição de gênero. (...) À luz da psicanálise, o autor levantou para a decifração semiótica dessas imagens uma hipótese bastante ousada, qual seja, a da presença das características psíquicas da histeria nas encenações imagéticas do masculino na publicidade. (Lucia Santaella)</strong></p> </div> <div id="WRchTxtl-gm9" class="wysiwyg_viewer_skins_WRichTextNewSkintxtNew"> </div>
R$ 20,00

De que forma as singularidades do masculino são produzidas? Eis a pergunta que guiou a trajetória escolhida por Fábio Caim. Para isso, não bastava ir direto às imagens publicitárias com olhos desavisados. Era preciso radiografar a trama que se esconde por trás das aparências. Antes de tudo, era preciso entender o que é o masculino para além da simplória explicação que nos é dada pelos dicionários. Afinal, existe um campo do conhecimento que há mais de um século vem desvendando os mistérios da sexualidade humana. Para aqueles que não se contentam com as frases feitas e as conversas a esmo, não há como escapar. É a psicanálise que tem se debruçado sobre os enigmas do masculino e feminino, sem cair na esparrela da mera oposição de gênero. (...) À luz da psicanálise, o autor levantou para a decifração semiótica dessas imagens uma hipótese bastante ousada, qual seja, a da presença das características psíquicas da histeria nas encenações imagéticas do masculino na publicidade. (Lucia Santaella)

 

Fale conosco

           Não encontrou o produto           desejado, envie-nos um           e-mail.

Telefone:11-2365-0744

Enviar e-mail

Newsletter

PayPal