O novo negro na diáspora – modernidade afro-americana e as representações sobre o Brasil e a França no jornal Chicago Defender Ver ampliado

O novo negro na diáspora – modernidade afro-americana e as representações sobre o Brasil e a França no jornal Chicago Defender

AutorFlavio Thales Ribeiro Francisco

ISBN: 978-85-8499-049-8

Mais detalhes

R$ 50,00

O novo negro na diáspora – modernidade afro-americana e as representações sobre o Brasil e a França no jornal Chicago Defender <p style="text-align: justify;">O novo negro na diáspora é uma importante contribuição à História dos Estados Unidos, ao campo de estudos da Diáspora Africana e dos relatos de viagem. Esta obra foi produzida originalmente como Tese de Doutoramento, na qual Flavio Thales Ribeiro Francisco analisou exemplares do jornal afro-americano Chicago Defender, demonstrando como as experiências negras no Brasil e na França foram incorporadas ao imaginário diaspórico dos negros nos Estados Unidos no período entre guerras. Através da trajetória do periódico, acompanhamos a institucionalização do movimento negro na sociedade norte-americana e a difusão das representações das sociedades brasileira e francesa como modelos de fraternidades raciais, até que fossem comprometidas pela ascensão da Frente Negra Brasileira (1931) e pela articulação de movimentos anticoloniais na Europa.</p>
R$ 40,00

O novo negro na diáspora é uma importante contribuição à História dos Estados Unidos, ao campo de estudos da Diáspora Africana e dos relatos de viagem. Esta obra foi produzida originalmente como Tese de Doutoramento, na qual Flavio Thales Ribeiro Francisco analisou exemplares do jornal afro-americano Chicago Defender, demonstrando como as experiências negras no Brasil e na França foram incorporadas ao imaginário diaspórico dos negros nos Estados Unidos no período entre guerras. Através da trajetória do periódico, acompanhamos a institucionalização do movimento negro na sociedade norte-americana e a difusão das representações das sociedades brasileira e francesa como modelos de fraternidades raciais, até que fossem comprometidas pela ascensão da Frente Negra Brasileira (1931) e pela articulação de movimentos anticoloniais na Europa.

Fale conosco

           Não encontrou o produto           desejado, envie-nos um           e-mail.

Telefone:11-2365-0744

Enviar e-mail

Newsletter

PayPal